terça-feira, abril 11, 2006


Estação ilibadoAutor: Aline Aquino

O tempo não se soma,
Não se divide,
Não se multiplica,
Não se subtrai.

Precisamos tanto do tempo,
Mesmo que pareça curto
Ou longo.
Simplesmente “tempo”.

No dicionário é só um lapso
De tempo e futuro.
Na vida, é a resposta de todas as nossas perguntas.

O tempo guarda segredos,
Aflições, paixões, mágoas e uma infinidade de sensibilidade.
O tempo é o vento que traz a chuva,
Ou simplesmente a brisa.
È o sol que sorri a cada manhã.

Afinal, tempo é tempo,
Mesmo com vários valores atribuídos.
È com a pressa desleal,
Agradeço por ter tempo para viver e ter vivido.



Autor : Desconhecido
“Com o tempo... Você se dará conta de que, na realidade, o melhor não era o futuro, mas sim o momento que estava vivendo naquele instante... Com o tempo... Você aprende que tentar perdoar ou pedir perdão, dizer que ama, dizer que sente falta, dizer que precisa, dizer que quer ser amigo... ...junto de um caixão... ...deixa de fazer sentido... “ O homem torna-se velho muito rápido e sábio demasiado tarde “. Exatamente quando: “ JÁ NÃO HÁ TEMPO!”“
Postar um comentário

Folha.com - Ilustrada - Principal