quarta-feira, outubro 01, 2008

Fugir


Cada vez que o sol bate na janela,
Queria fugir para um lugar onde tudo fosse diferente.

Um lugar onde amanhece-se todos os dias com sol,
Um lugar onde as arvores canta-se uma canção.

Queria viver um conto de fadas,
Só para fugir.

Um conto onde tudo da certo,
Onde tudo está em harmonia.

Fugiria para a terra do nunca,
só para ver como seria o mundo daqui 100 anos.

Fugiria para o país das maravilhas,
Só para comemorar o meu desaniversário.

E quando acordo o sol bate na janela,
percebo que fugir, só em sonhos!

E a perfeição do mundo imaginário,
logo, ficaria chato.

desistiria de fugir...

Mas continuaria sonhando,
sempre!
Postar um comentário

Folha.com - Ilustrada - Principal